Durante o envelhecimento, precisamos cuidar melhor da nossa saúde. O passar dos anos também afeta o rosto feminino.

 

Além das mudanças óbvias conhecidas por todos, como cabelos grisalhos, rugas ou manchas na pele, a passagem do tempo causa outros efeitos na aparência física de homens e mulheres.

 

Em geral, com a idade, a face de cada pessoa muda, havendo perda de gordura facial, reabsorção óssea e flacidez.

 

Para explicar de forma mais detalhada como o envelhecimento afeta o rosto feminino, compartilho com vocês o artigo abaixo. Confiram!

 

Como a pele envelhece

A passagem do tempo atua sobre a pele afetando toda a sua estrutura, causando alterações que levam a uma deterioração da sua saúde e aparência. 

 

Estas são causadas por fatores internos, típicos da passagem do tempo, e por fatores externos, correspondentes ao ambiente e ao estilo de vida de cada indivíduo. 

 

Ao nível biológico, as alterações mais importantes que ocorrem com a idade nas estruturas da pele são a diminuição do fluxo sanguíneo, diminuição dos níveis de colágeno e elastina, menor número e densidade de células adiposas renovação celular mais lenta. 

 

Como resultado, a pele perde volume, densidade, elasticidade e brilho. Também aparecem rugas e linhas finas, e aumenta a sensibilidade aos raios ultravioleta, o que deixa a pele fica mais sensível e propensa a danos, além de menor capacidade de se curar. 

 

Por fim, sua textura fica mais seca e áspera, com uma aparência cada vez mais sem brilho.

 

Leia também::: Fios de PDO: um procedimento indicado para flacidez facial

 

Como o envelhecimento afeta o rosto e o pescoço

O rosto e o pescoço são as partes do corpo mais afetadas pelo envelhecimento. Geralmente, as alterações na face influenciam as alterações no pescoço.

 

Por exemplo, a perda de tônus ​​​​muscular e o afinamento da pele dão ao rosto uma aparência flácida ou caída. 

 

Consequentemente, papada flácida pode criar uma aparência de queixo duplo, alterando a imagem do pescoço.

 

Por outro lado, a pele tende a ressecar e perder a camada de gordura subjacente, deixando de ter uma superfície lisa. Dessa forma, surgem rugas, que são praticamente inevitáveis, embora a exposição ao sol e o tabagismo possam aumentá-las.

 

Além disso, aumenta o número e o tamanho das manchas no rosto, fatores que também podem ser alterados pela exposição solar.

 

Região dos olhos

Quanto à área dos olhos, as sobrancelhas e cílios, como os cabelos, costumam ficar grisalhos. Embora isso dependa da pessoa, já que em alguns demora mais para aparecer.

 

Assim como outras áreas do corpo, a pele ao redor dos olhos também enruga, criando os conhecidos pés de galinha. São eles  que fazem muitas pessoas se sentirem desconfortáveis, pois criam uma sensação de afundamento nas olheiras.

 

Além disso, a gordura das pálpebras cai e fica agrupada nas órbitas oculares, causando as famosas bolsas nos olhos. 

 

Com o tempo, essa patologia pode causar um enfraquecimento do músculo que sustenta a pálpebra superior, podendo fazer com que as pálpebras fiquem caídas, limitando a visão da pessoa.

 

Leia também::: Quais são as indicações para o lifting de braço?

 

Como retardar o processo

Como mencionei, o envelhecimento é uma parte comum a todos, e que causará impactos também na pele.

 

Mas a boa notícia é que por meio de algumas técnicas, esse envelhecimento pode ficar menos evidente. Para isso, há vários procedimentos estéticos para o rosto feminino que são recomendados.

 

Entre eles podemos citar a bichectomia, a blefaroplastia, o lifting de sobrancelha, a rinoplastia e o uso dos bioestimuladores de colágeno.

 

Mas cada um tem uma função e visam reduzir rugas, dar volume, alongar o rosto, ou mesmo resolver problemas de pálpebras caídas.

 

Por fim, espero que tenham compreendido como o envelhecimento afeta o rosto feminino e, caso queira agendar uma consulta para um tratamento facial, basta clicar no botão abaixo!

 

QUERO AGENDAR UMA CONSULTA!