A pele pode ser bela em todas as fases da vida! Por isso, escolher procedimentos para peles maduras certos podem fazer toda a diferença, mesmo com o passar dos anos.

 

As necessidades da pele variam com a idade, embora também dependam, em grande medida, de fatores externos como exposição solar, estilo de vida e genética. 

 

A boa notícia é que há procedimentos para peles maduras que permitem que toda a vitalidade e brilho da juventude possam ser recuperados.

 

Para saber mais, confira o artigo que preparei abaixo sobre o tema!

 

O que aconteceu com a minha pele?

Muitas coisas mudam. Ao longo dos anos, o metabolismo das células diminui. A partir de certa idade, a pele apresenta características específicas: o número e a atividade dos fibroblastos diminuem, assim como a síntese de colágeno. 

 

Além disso, a pele fica desidratada e seca devido à diminuição da vascularização, suor e secreções sebáceas. Da mesma forma, surgem distúrbios de pigmentação e aparecem “manchas da idade”.

 

Tudo isso somado aos fatores exógenos que afetam e agravam a pele diariamente, como o sol, tabaco, alimentação, ambiente externo… se traduz em um rosto envelhecido.

 

Apesar de geralmente falarmos de pele madura a partir dos 35 anos, a idade de início vai depender da história pessoal de cada um, já que a idade biológica não precisa estar ligada às necessidades da pele. 

 

Ou seja, tanto os fatores endógenos (envelhecimento geneticamente programado) quanto os exógenos (agentes externos, estilo de vida, emoções, ambiente) estão envolvidos no envelhecimento da derme. Nosso rosto reflete nossa história.

 

Leia também::: O que são os Bioestimuladores de colágeno?

 

As características das peles maduras

As principais características da pele madura vão além da aparência física que ela pode ter. Rugas e linhas de expressão na área ao redor dos olhos, testa, lábio superior e nasolabial são a representação visível da pele madura.

 

Mas também a falta de luminosidade, perda de firmeza e ressecamento da pele causados ​​por processos hormonais indicam quando atingimos a chamada pele madura.

 

Além disso, nessa fase há uma grande desidratação por diminuir a produção de ácido hialurônico, que é o hidratante natural mais importante, perdendo mais água do que pode acumular. 

 

Assim, as fibras de colágeno perdem sua estrutura, tornam-se mais finas e reduzem sua capacidade de regeneração. Por sua vez, isso leva aos sinais que mencionamos acima.

 

Procedimentos para peles maduras

Mas a boa notícia é que podemos reverter os sinais do envelhecimento por meio de procedimentos para peles maduras. E os principais são:

 

Estimuladores de colágeno

  • Bioestimulador de colágeno
  • Fios de PDO

 

Tratamentos para rugas

  • Toxina botulínica – no caso das dinâmicas
  • Preenchedores, como o ácido hialurônico – para as estáticas

 

Suavização das linhas

  • Lasers fracionados
  • Microagulhamento
  • Luz intensa pulsada
  • Peelings químicos

 

Tratamentos para manchas

  • Luz intensa pulsada
  • Laser de CO2
  • Peelings
  • Crioterapia
  • Microagulhamento

 

Leia também::: Olheiras profundas: qual o melhor tratamento?

 

Conte com ajuda profissional 

Cada paciente é única, e assim deve ser considerada durante qualquer procedimento para tratamento da pele madura. Ou seja, uma pessoa pode necessitar de aplicação de preenchedores, enquanto outra a prioridade será o tratamento de manchas.

 

Por isso, é fundamental que a se busque um profissional especializado para que o tratamento mais indicado para cada situação da pele madura seja indicado.

 

Além disso, é fundamental também que os cuidados com a pele iniciem o mais cedo possível, com o uso de protetor solar, hidratantes, entre outros. Assim, a pele sofrerá menos os danos que a idade impõe.

 

Dessa forma, espero que tenham gostado do artigo sobre procedimentos para peles maduras e, para mais informações e muitas dicas, siga também meu canal do Youtube!