A cicatrização após a cirurgia plástica é uma das preocupações mais comuns que muitas pessoas têm antes de se submeter ao procedimento escolhido. Essa hesitação é compreensível.

 

As pessoas escolhem a cirurgia plástica para melhorar sua aparência. E, infelizmente, uma cicatriz é tudo menos esteticamente atraente.

 

De modo geral, os cirurgiões plásticos fazem tudo o que podem para fazer incisões em áreas discretas do corpo.

 

E como são hábeis em técnicas de fechamento e sutura, a maioria das cicatrizes da cirurgia plástica cicatriza bem e ficam praticamente imperceptíveis.

 

Mas para saber como acontece a cicatrização após a cirurgia plástica, preparei o artigo abaixo com informações relevantes sobre o tema. Confira!

 

Como saber se o corte está cicatrizando bem?

Graças ao nosso sistema imunológico, nosso corpo tem uma capacidade incrível de se curar. 

 

O reparo da ferida ocorre em fases distintas, incluindo sangramento e coagulação, seguido pela formação de uma crosta.

 

Embora você possa sentir inchaço, inflamação, dor e secreção clara após o procedimento cosmético, você não precisa se preocupar, a menos que seja extremo. 

 

Conforme a ferida cicatriza, um novo tecido cicatricial começa a crescer sobre a ferida, após o qual você pode retomar suas atividades diárias.

 

Leia também::: Como se preparar para a primeira cirurgia plástica?

Como serão minhas cicatrizes?

É claro que isso dependerá do local da operação e uma série de fatores pessoais entram em jogo. 

 

No entanto, existem três estágios distintos de cura e sua cicatriz terá uma aparência diferente em cada estágio.

 

As três fases da cura são a fase inflamatória, a fase proliferativa e a fase de remodelação. 

 

A fase inflamatória começa imediatamente e dura alguns dias. Durante esse período, o sangramento para e os glóbulos brancos chegam ao local e combatem qualquer infecção. A ferida neste ponto parecerá vermelha, inchada e rosa.

 

Depois disso, o estágio proliferativo ocorre e continua por cerca de três a quatro semanas (proliferar significa crescer por produção rápida). 

 

Os fibroblastos (células que são capazes de formar pele e outros tecidos) se reúnem no local da lesão. 

 

Uma das funções mais importantes dos fibroblastos é produzir colágeno. O colágeno é importante porque aumenta a resistência da ferida. 

 

A princípio, o colágeno continua a ser produzido por duas a quatro semanas, juntando as bordas da ferida, e novos capilares (pequenos vasos sanguíneos) são formados para auxiliar no processo de cicatrização. 

 

Ademais, após este tempo, a destruição do colágeno coincide com sua produção e, portanto, seu crescimento é reduzido. Cicatrizes anormais podem se desenvolver se este estágio ficar “defeituoso”.

 

A cicatriz fica mais espessa, vermelha e se contrai. Isso torna a cicatriz mais óbvia e desconfortável. A aparência desagradável, compreensivelmente, causa preocupação para algumas pessoas neste ponto.

 

Finalmente, a fase de remodelação começa e continua por um período de várias semanas a alguns anos. Por exemplo, a remodelação da cicatriz é o que transforma uma cicatriz espessa, vermelha e elevada em uma cicatriz fina, plana e branca.

 

Com o passar do tempo, as cicatrizes geralmente desaparecem e se tornam quase imperceptíveis.

 

Como tornar a cicatrização mais rápida?

O protetor solar é de vital importância se a cicatriz estiver na pele exposta. As cicatrizes não contêm os pigmentos normais que protegem a pele e, portanto, queimam facilmente. 

 

O sol também pode clarear ou escurecer a cicatriz e é isso que você realmente quer evitar. Por isso, é essencial usar sempre protetor solar, ou então proteger a cicatriz nos primeiros meses.

 

Mas também não fume nem use substitutos da nicotina! Qualquer forma de nicotina (cigarro, adesivo, goma) faz com que os vasos sanguíneos se contraiam. 

 

Além disso, diminuirá o fornecimento de oxigênio à ferida, evitando que nutrientes suficientes sejam fornecidos para permitir que a cura adequada ocorra.

 

E por fim, siga as instruções pós-operatórias! Movimento excessivo pode causar acúmulo de líquido (inchaço) e interferir na formação do colágeno, que é necessário para manter a ferida coesa. 

 

Em casos mais drásticos, a força do movimento pode separar a incisão. Em geral, quanto menos tensão na ferida, menos a cicatriz se alarga com o tempo. 

 

Mas após a cirurgia, é importante limitar seu regime de exercícios, amplitude de movimentos, levantamento de peso ou direção por um tempo. 

 

Ainda, tenha uma alimentação saudável! A saber, uma dieta balanceada garantirá que você tenha os nutrientes certos para promover a cura. 

 

O corpo precisa especialmente de um bom suprimento de vitamina C para produzir colágeno.

 

Leia também::: Quais são os procedimentos mais procurados na Harmonização Facial?

Cuide de você!

Como viu, a cicatrização após a cirurgia plástica é um processo natural e que, com os cuidados certos, a tornará quase imperceptível.

 

Mas é fundamental que você siga todas as orientações de seu cirurgião plástico, e mantenha um estilo de vida saudável.

 

Dessa forma, é possível tornar o processo de cicatrização mais rápido e sem qualquer intercorrência.


Espero que tenha gostado do artigo sobre o que ocorre com a cicatrização após a cirurgia plástica.E para mais dicas e informações, me siga também nas redes sociais. Estou no Instagram, Facebook e Youtube!